Image Image Image Image Image
Scroll to Top

Topo

02

set
2013

Um Comentário

In De casa
Dicas

Por Carol

Como ser um ilustrador – Parte I

Em 02, set 2013 | Um Comentário | In De casa, Dicas | Por Carol

como ser um ilustrador

Recebo bastante e-mails de aspirantes à ilustradores buscando dicas de como ser um ilustrador e entrar nessa área e por isso resolvi escrever esse artigo à respeito. Recomendo também a leitura do ótimo Guia do Ilustrador elaborado por diversos profissionais conceituados e experientes.

Então, como devo começar? Como ser um ilustrador no Brasil?

1) Ame desenhar e nunca pare de estudar
Embora cada um de nós tenha suas próprias particularidades o início da trajetória de um ilustrador normalmente é bem parecido: São pessoas que amam desenhar desde criança e nunca deixaram de praticar e ter prazer em fazer seus rabiscos. Essa paixão acaba levando muita gente à realizar alguns cursos de desenho e se interessar em aprender novas técnicas, o que é um excelente começo. Mas não para por ai: um ilustrador está em constante formação e uma característica essencial para quem quer se tornar um é a vontade inquetante de estar sempre buscando melhorar seu trabalho.

2) Defina seus objetivos
Mas qual o próximo passo para quem quer se profissionalizar? Talvez a primeira pergunta que temos que fazer é qual o estilo e em que gostaríamos de trabalhar. Essa é uma questão extremamente pessoal. Temos que levar em consideração nossos gostos, referências e habilidades. Existem muitos mercados diferentes que demandam o trabalho de ilustradores e é bastante improvável que um único profissional atenda à todos eles. Mas não se sinta pressionado em achar essa resposta rápido: procure conhecer o que tem sido feito por ai. Busque pelo trabalho de novos artistas e verifique para quais mídias ele se destina. Tendo um alvo claro do que se quer fica mais fácil de mirar nele.

3) Produza com foco
Com a definição do nicho que se quer atingir agora é hora de colocar a mão na massa: produza peças que se adequem à expectativa do mercado que você quer entrar. Se seu interesse é ilustrar para literatura infantil, por exemplo, crie algumas páginas de uma história que já caiu em domínio público. Seja auto-crítico e busque também por críticas imparciais (amigos e família não contam), de preferência de quem já trabalha na área. Na internet existem muitos canais para se buscar essa avaliação. Um deles é o Ilustragrupo, um grupo de discussão com diferentes tipos de pessoas ligadas à área de ilustração e muito interesse em discutir e compartilhar ideias. Também não tenha pressa nessa etapa: busque o melhor de si e se necessário treine e estude mais para alcançar seus objetivos.

4) Crie seu Portfolio
Quando você já tiver um bom volume de boas peças produzidas é hora de montar seu portfolio. Ele é essencial para que seus possíveis clientes e contratantes avaliem seu trabalho. Nunca envie arquivos pesados anexados por e-mail, a melhor forma de apresentar seu trabalho é criar um portfolio online e enviar apenas o link para quem você deseja mostra-lo. Crie um site simples e fácil de navegar onde o que deve chamar atenção são as ilustrações e não o site em si. Existem hoje alguns ótimos serviços gratuitos para a montagem de portfolio na web. Cargo Collective, Carbon Made e Behance são alguns deles.

Agora você já sabe como ser um ilustrador profissional e está pronto para se mostrar ao mercado. No próximo artigo falarei um pouco das modalidades de trabalho e em quais tipos de empresa um ilustrador se faz necessário. Até lá 😉

COMPARTILHE:

Tags | , , , , , , , , , , , , , ,


Comentários

  1. Dicas excelentes! Muito obrigado!

Deixe um comentário

Blue Captcha Image
Atualizar

*

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.